quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Molho de Tomate - Método de Conservação em Frascos (PAP)

Olá pessoas cozinheiras, :)
Hoje venho falar-vos sobre como conservar em frascos.
Há uns tempos que ando a investigar sobre isto porque não tenho muito espaço no congelador então queria arranjar uma alternativa.
Muito provavelmente já devem conhecer este método mas achei por bem partilhar para quem como eu é principiante nestas andanças.
É muito fácil e prático de se fazer e várias pessoas que fizeram garantem que resultou.
Eu estou a testar pela primeira vez mas estou bastante confiante.
Abaixo deixo algumas fotos de todo o processo e já agora a receita de molho de tomate que vou usar em pizzas, massas e onde a imaginação me levar. hehe
Um beijinho*
O que faz falta para 3 frascos:
  • 8 Tomates grandes
  • 1 Fio de Azeite
  • 4 Dentes de Alho
  • 1 Cebola Grande
  • 10 Colheres (sopa) de Vinho Branco
  • 8 Colheres (sopa) de Polpa de Tomate
  • 2 Colheres (chá) bem cheias de Açúcar
  • Sal, Pimenta Branca, Louro em Pó e Noz-Moscada q.b.
  • 1 Colher (sopa) bem cheia de Maizena

Como Fiz:
  • Coloque numa panela um fio de azeite.Num robot de cozinha pique as cebolas com os alhos.

  • Leve o picado de cebola e alho ao lume na panela. Tempere com um pouco de sal para não queimar. Deixe cozinhar até estarem moles.
  • Pique no robot de cozinha os tomates descascados e partidos em metades.
  • Junte ao refogado da cebola.
  • Adicione o vinho, a polpa de tomate, o sal, a pimenta, o louro em pó e o açúcar. Mexa e deixe apurar em lume brando.
  • Quando estiver apurado triture muito bem o molho num liquidificador ou triture com a varinha mágica (gosto mais do liquidificador porque fica mais cremoso e triturado).
  • Com a ajuda de um coador e de uma colher passe o molho novamente para a panela para que fique mais cremoso.
  • Dissolva a maizena em um pouco de água e junte ao molho de tomate.
  • Leve novamente ao lume branco até ferver e mexa até o molho engrossar um pouco.
  • Esterilize os frascos, levando ao lume em água fervente as tampas de metal durante uns minutos (os fracos terão que ser de vidro com tampas de metal). Coloque os frascos de vidro sem a tampa num prato e leve ao microondas na temperatura máxima durante 10 minutos.

  • Coloque o molho ainda bem quente no frasco que também terá que estar quente.
  • Deverá deixar cerca de um dedo de distância entre a tampa e o molho.
  • Feche os frascos com as tampas de metal.
  • Encha uma panela com água morna a 3/4 de altura.
  • Coloque os frascos já fechados lá dentro, leve-a ao lume e quando a água estiver a ferver conte 20 minutos.
  • Depois disso desligue o lume e deixe os frascos arrefecer completamente lá dentro.
  • Retire os frascos, faça-lhes um rótulo e guarde na despensa ou onde preferir.
  • Quando precisar de molho é só abrir o frasco e terá molho de tomate cremoso e caseiro num instante.

Observações: Pode não usar polpa de tomate, usei apenas para dar mais cor. /  Pode não coar o molho, eu pessoalmente gosto dele bem cremoso. / Tenha cuidado para não se queimar durante todo o processo pois pode salpicar algo ao triturar ou queimar-se enquanto enfrasca. / Antes de começar todo o processo devem lavar muito bem os frascos, lavei à mão e na máquina por duas vezes. / Pode não colocar a maizena, eu coloquei para ficar um pouco mais grossinho e cremoso.

Voltamos a falar disto daqui a uns tempos, eu acredito piamente que vai funcionar e estou ansiosa por abrir um para ver se oiço aquele "plóock" dos frascos que compramos mas vou aguentar. hihiih 


7 comentários:

  1. Olá Sarinha! Gostei muito deste post. Fico curiosa com o acrescentar maisena, não tenho por hábito acrescentar. Quanto ao método de esterilização, também já tinha lido sobre o colocar os frascos numa panela com água para fervê-la. Opto por ferver a água e passar nela os frascos e as tampas, limpando depois num pano limpo. Fecho e volto o frasco com a tampa para baixo. Até ao momento, tanto os doces como o molho de tomate, não se estragaram nem o sabor ficou alterado e oiço sempre o "plóock"que também adoro! :) Mas penso que o meu método será mais para consumo a curto prazo. A longo, o que sugeres provavelmente será o mais indicado.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. bem explicado e de muita serventiaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito desta sugestão! Porque gosto muito de molho de tomate caseiro, mas nunca faço muito com medo que se estrague! Gostei mesmo desta técnica de conservação :)

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  4. Bela dica!
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Gostei do post ;) Excelente ideia :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Super bem explicadinho!!! Parece-me uma óptima ideia :)
    beijinhos

    ResponderExcluir