terça-feira, 25 de novembro de 2014

Eu fiz Caramelo pela primeira vez!!! Hurray!!!!!!

Isto era para ter sido escrito ontem. Eu achava que era uma boa maneira de começar a Segunda-Feira com uma novidade destas mas a verdade é que não tive tempo.

Então não é que fiz caramelo em casa sozinha e sem a minha mãe a ver??? Ao fim de alguns anos a fazer bolos e bolinhos lá me convenci que estava na altura de arriscar. E que risco!!!! (heheh)

Confesso que já tinha tentado e ora fiquei com rebuçados agarrados às colheres que não queriam sair, ora fiquei com a frigideira com o fundo todo queimado. São coisas que acontecem a quem é entusiasta e quer aprender.

Até que finalmente eu pude dizer: Sucesso!!! Fiz Caramelo!!! 
Não foi nada difícil, só que desta vez eu limitei-me a ouvir com atenção o que tinha de fazer e não me transportei para outra dimensão quando me estavam a explicar. Porque eu antes pensava: Mas isto é só água e açúcar! Qual é a dificuldade disto?

Para a maioria de vocês pode parecer uma parvoíce eu ficar contente com isto mas a verdade é que eu sou assim mesmo. Fico contente com as pequenas coisas. 

Bora lá fazer caramelo a toda a hora? Fiz esta quantidade para uma forma de bolo-pudim e deu certinho.

Calda de Caramelo (para 1 forma) 

O que faz falta:

- 100 gramas de Açúcar
- 50 ml de Água
- 7 colheres (sopa) de Água
- 1 Pitada de Sal 

Como Fazemos:

1. Numa frigideira anti-aderente, colocamos o açúcar, a pitada de sal (para cortar um pouco o doce) e a água. De vez em quando balançamos a frigideira para mexer levemente o preparado. 

2. Deixamos ferver. Assim que começar a ficar dourado, desligamos o lume porque o caramelo vai continuar a ferver quando desligamos o lume e se não o fizermos ficará muito escuro. Se por distracção deixarmos o caramelo mais escuro (já me aconteceu) quando desligarmos o lume colocamos a frigideira em contacto com água fria para assim parar de cozinhar.

3. Juntamos então as colheres de água com cuidado para não nos queimarmos porque vai respingar devido ao choque térmico.

4. Levamos novamente ao lume e mexemos para incorporar a água que acrescentámos no caramelo já feito. Assim que ferver desligamos.

5. Usamos a gosto.

Nota: Se ficar muito liquido não há problema porque o caramelo reage à temperatura ou seja quando o mesmo arrefecer vai ficar mais espesso. Se ficar muito rijo faz-se o contrário e expõe-se o mesmo a um pouco de calor. 
Para guardar é só acondicionar num frasco de vidro bem tapado.

14 comentários:

  1. Por vezes as coisas mais básicas não são as mais faceis de fazer!!! Eu nunca fiz e para fazer só num dia de loucura!! :)

    ResponderExcluir
  2. Percebo bem o que dizes. Já fiz caramelo 1 vez e queimei-me, por isso nunca mais fiz. Deste-me coragem para tentar outra vez :-D Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Até fiquei entusiasmada com o texto. :-)
    O teu caramelo tem uma cor óptima, o meu é uma desgraça que sempre que coloco num frasco vira açúcar no fundo e é líquido no topo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora não sei se foi sorte de principiante... Será?

      Excluir
  4. Também fiz uma vez em toda a minha vida e correu bem, a minha mãe é uma perita nisso.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Nunca faço caramelo com água. Não sei porquê nunca acerta. Faço sempre só com o açúcar. Dizem que é mais difícil mas sai-me sempre bem, vá-se lá perceber! O teu ficou fantástico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem água não sei como seria! Mas este correu muito bem! ;)
      Beijinhos

      Excluir
  6. Olá Sarinha! :)
    Fizeste-me sorrir ao ler o teu post, e relembrar velhos tempos! :)
    A primeira vez que tentei fazer caramelo deveria ter uns 12/ 13 anos, e a experiência foi catastrófica, como não poderia deixar de ser :) esperei ficar sozinha em casa e pronto vamos a isto!!
    Resultado..uma frigideira com "uma bolacha" de caramelo agarrado! :)
    Tive de esconder a frigideira da minha mãe, e todos os dias lhe tirava a água e deitava agua quente, para ir diluindo:)
    E compreendo perfeitamente esse teu estado de alegria, ao conseguires fazer o caramelo! Compreendo mesmo!:)
    Beijinhos e um bom resto de dia! :)
    http://cozinha100maneiras.blogspot.de/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tu fizeste-me sorrir ao ler o teu comentário. É tão boa esta partilha. Até mostrei ao meu maridinho!
      Quando somos miúdos fazemos com cada coisa. lolol
      Beijinhos grandes.

      Excluir
  7. Olá Sarinha,

    Parabéns por teres feito caramelo caseiro :-)
    Eu confesso que já andei tentada mas acabo sempre por optar pela via mais fácil, o de compra... Porque aqui à muitoooos anos atrás tentei fazer com a minha mãe e tivemos de deitar a panela ao lixo... Serviu de lição! Nunca mais tive intenção sequer de experimentar outra vez... Aqui à uns mesitos atrás estive mesmo para repetir, mas aquela experiência nunca me saíu da cabeça e desisti!!!
    Por isso parabéns pelo sucesso :-)
    Eu por cá continuo a optar pelo de compra... Talvez um dia quando tiver uma panela velhinha (para o caso de tornar a sair asneira) torne a experimentar!!!
    Beijinhos***

    ResponderExcluir
  8. PARABÉNS, Sarinha! Não uso muito caramelo. O de compra tem um sabor algo artificial que me desagrada mas nunca me atrevi a fazer.

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    feedly - bloglovin' - Facebook


    ResponderExcluir