segunda-feira, 6 de abril de 2015

Dourada ao Sal...era o que eu devia comer depois da Páscoa!


A segunda-feira após um fim-de-semana grande é sempre complicada. Por aqui está cinzento o que ainda ajuda mais à festa. Como estão por aí?

Podem achar estranho mas este prato era um dos que mais vontade tinha de fazer. Admito que me fazia muita confusão o peixe ser cozinhado com tanto sal e não ficar salgado. A medo e um pouco desconfiada lá fiz o peixe com umas douradas fresquinhas que tinha comprado. 

Durante a confecção da receita tudo me pareceu correr bem mas fiquei sempre desconfiada. Quando chegou a hora de retirar o peixe do forno ainda estava insegura a pensar se o peixe estaria realmente envolto numa crosta ou num "mar" de sal solto. Depois disto tudo a minha alegria, quase infantil, foi quando com as costas de uma faca quebrei a crosta e vi que o peixe estava cozinhado na perfeição. 

Servi o peixe já todo limpinho e estava maravilhoso. Suculento e no ponto de sal. Acho que nem queria acreditar porque perguntei ao meu Sarinho umas quantas vezes se o peixe estava salgado. Mas não estava. O que é genial...estou fascinada até agora. 

Depois de todos os abusos que fiz na Páscoa e das amêndoas que ainda tenho guardadas deveria comer esta refeição todos os dias desta semana mas não vai dar!

Uma excelente semana. Beijinhos. :)


Dourada ao Sal

O que faz falta para 2:

- 2 Douradas pequenas 
- 1 kg e Meio de Sal
- Raspa de 1 Limão
- 1 Molho de Coentros frescos
- 1 Ramo de Tomilho fresco
- Pimenta q.b.
- 2 Claras de Ovo

Como Fazemos:

1. Começamos por pré-aquecer o forno nos 180ºC.

2. Num recipiente grande colocamos o sal. Temperamos o mesmo com a raspa de limão, os coentros picados e a pimenta. 

3. Adicionamos as claras de ovo e misturamos bem no sal.

4. No fundo de um tabuleiro, colocamos uma camada de sal de forma a tapar todo o fundo. Por cima colocamos as douradas arranjadas, bem secas e separadas. Colocamos um raminho de tomilho em cada guelra do peixe.

5. Dispomos o restante sal de forma a cobrir toda a dourada e aconchegamos bem.

6. Levamos ao forno por 25 minutos.

7. Retiramos do forno e com as costas de uma faca batemos na crosta para a partir. Limpamos todo o sal do peixe e servimos o mesmo sem pele. 

8. Acompanhamos a gosto com saladas, legumes grelhados ou batatas.




23 comentários:

  1. Por aqui o dia também está cinzento e frio! E comidas dessas que apetece! Ainda nunca me atrevi a fazer mas está na minha "to do list"! De facto é bem interessante como ele fica perfeito e sem ficar salgado! Há coisas mesmo fantásticas! Espero que tenhas tido uma Páscoa doce e feliz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade é bastante curioso! :)
      E fica tão suculento... Beijinho

      Excluir
  2. Olá! :)
    Tal como tu, a 1ª vez que fiz este peixe também estava bastante desconfiada, mas tinha ouvido tantas pessoas a falarem maravilhas que experimentar era mesmo obrigatório.
    É incrível como tanto sal não deixa o prato salgado, fica mesmo no ponto e o peixe fica tão saboroso e suculento.
    Para mim este tipo de cozinhado só tem uma desvantagem... o facto de desperdiçar tanto sal. Acho que é mesmo só por isso que não faço este prato mais vezes.

    Ficou com um aspecto delicioso Sara!
    Beijinhos e boa semana*
    http://petiscana.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade o sal fez uma salgadanhada na cozinha e deitei tudo fora. Mas que é bom é... ;)
      Beijinhos*

      Excluir
  3. Fiz apenas uma vez e gostei muito, o peixe fica muito saboroso.
    boa semana
    bj

    ResponderExcluir
  4. Maravilha. Eu adoro fazer o peixe assim e o melhor é que o forno fica limpinho na mesma. O peixe fica sempre bom, quem nunca fez não sabe o que anda a perder... beijocas

    ResponderExcluir
  5. Que deliciosa sugestão, bem ao meu gosto. E seguramente a minha cara.

    ResponderExcluir
  6. Gosto imenso!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Eu tb deveria comer muita coisa :D
    Mas ou a preguiça ou a falta de tempo falam mais alto e pronto, estraga tudo!!!!
    Essa douradinha ui ui !!!!!
    Se sobrou faço questão de te ajudar ;D
    Beijinho!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh não sobrou! Então eu também devia mas não faço nada do que devo! ehehe. Beijinhos

      Excluir
  8. Eu alinhava em comer uma Dourada dessas todos os dias!!
    Beijinho

    ResponderExcluir
  9. já ando a tanto tempo para fazer este prato mas nunca o fiz, fica com tão bom aspeto, a tua dourada devia estar mesmo maravilhosa.


    O Cantinho dos Gulosos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estava muito suculenta. Foi uma surpresa! :D
      Beijinhos*

      Excluir
  10. Nunca consegui comer receitas que levassem tanto sal.Tenho mesmo que experimentar! Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois nem eu. Mas este peixe nem sabe a sal. Impressionante! :) Beijinhos

      Excluir
  11. Hah, por aqui na segunda-feira a seguir à Páscoa é feriado, em vez de sexta :P
    Nunca vi pessoa tão entusiasmada com uma receita! Realmente eu também ficava, com o aspeto que isso tem... Nunca fiz peixe assim, também tenho uma espécie de medo de que fique salgado, mas agora o teu testemunho dá uma ajudinha :)
    A courgette grelhada também está mesmo apetitosa! Tenho de fazer as duas coisas :)

    ResponderExcluir