quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Tarte de Batata Doce e Especiarias...Olá Outono!!!!

Decididamente o Outono chegou cá a casa! Não restam dúvidas. Já me gelam os pés com sandálias e até sinto uma certa pele de galinha quando visto alças. Chegou e mesmo que o sol o queira contrariar não há volta a dar. O Outono instalou-se! Que maravilha...

Adoro o Verão, as roupas levezinhas, as noites descontraídas, as férias...mas o Outono também tem o seu encanto. Ainda não está demasiado frio. As cores começam a mudar e a vontade de fazer cozinhados mais demorados regressa. Todas as estações do ano têm a sua magia.

Esta tarte "respira" Outono. As cores e os cheiros não o deixam enganar. Nunca tinha feito tarte de batata doce mas porque não experimentar? Ainda bem que o fiz. É um regalo. A textura cremosa e o toque especial das especiarias fazem dela uma tarte maravilhosa. Nós adoramos não fossemos super fãs de batata doce. Eu especialmente tenho uma paixoneta por ela.

Quanto à sua preparação, não tem nada que saber, como já é hábito por aqui. Basta ter um processador de alimentos, um liquidificador ou algo parecido que conseguem fazê-la em três tempos. Experimentem porque vai mesmo valer a pena. E agora? Venham daí comer uma fatia comigo. 
Um beijinho, até breve e bons cozinhados. 😚
Tarte de Batata Doce e Especiarias

O que faz falta:
1 base de Massa Folhada redonda
500 gr. de Batatas Doces assadas no forno
2 Ovos L
60 gr. de Manteiga à temperatura ambiente
50 gr. de Açúcar mascavado
150 gr. de Açúcar branco
100 ml de Leite
1 colher (chá) rasa de Noz-Moscada
1 colher (chá) rasa de Erva-Doce
1 colher (chá) rasa de Canela
1 colher (chá) de Essência de Baunilha
2 colheres (chá) de Sumo de Limão
1 colher (sopa) bem cheia de Farinha 
1/2 colher (chá) de Fermento em Pó
3 colheres (chá) de Açúcar em pó (pode usar-se o normal)
Como fazemos:
Tradicional
Começamos por pré-aquecer o forno a 180ºC. Forramos uma tarteira com a massa folhada e picamos o fundo com um garfo.
De seguida, num processador/liquidificador colocamos as batatas doces assadas, previamente descascadas e aos pedaços. Processamos até obtermos um puré. Juntamos a este puré, os ovos, a manteiga, os açúcares, o leite, as especiarias, a baunilha e o sumo de limão. Processamos novamente em velocidade média para misturar tudo e obtermos um creme. 
Juntamos a farinha com o fermento e ligamos em velocidade baixa apenas para misturar a farinha. 
Transferimos este creme para a tarteira e polvilhamos com o açúcar em pó por toda a superfície da tarte. Levamos ao forno entre 45 a 60 minutos ou até a tarte dourar. Deixamos arrefecer um pouco e depois desenformamos.
Robot de Cozinha (Yämmi 1)
Começamos por pré-aquecer o forno a 180ºC. Forramos uma tarteira com a massa folhada e picamos o fundo com um garfo.
De seguida, no copo do robot colocamos as batatas doces assadas, previamente descascadas e aos pedaços. Processamos na velocidade 5 por 30 segundos. Juntamos a este puré, os ovos, a manteiga, os açúcares, o leite, as especiarias, a baunilha e o sumo de limão. Processamos novamente na velocidade 6 por 20 segundos. Juntamos a farinha com o fermento e ligamos na velocidade 3 por 50 segundos. 
Transferimos este creme para a tarteira e polvilhamos com o açúcar em pó por toda a superfície da tarte. Levamos ao forno entre 45 a 60 minutos ou até a tarte dourar. Deixamos arrefecer um pouco e depois desenformamos.

6 comentários:

  1. esquece lá o outono... olá tarte maravilhosa vem aqui à mamãe vem ;). só de olhar já engordei... isto não se faz a uma pessoa aqui a meio da tarde esganiçada de fome...

    ResponderExcluir
  2. Adorei o interior desta tarte! Húmida como eu gosto. Eu gosto imenso do Outono. beijinhos

    https://saboresdoninho.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Ai, adoro, adoro, adoro! Essas fatia... is killing me! Adoro doces com batata doce! Aliás, adoro batata doce de todas as maneiras e feitios! Até gosto do Outono, principalmente pelos sabores característicos e aconchegantes! Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Em tempos fiz uma, que até partilhei pelo Blog, mas com amêndoa e gila. Adoro a cremosidade que a batata confere à tarte. Experimenta com massa quebrada sim, fica muito bom! ;)
    Adorei as fotos e a receita.
    Beijinhos
    www.petiscana.com

    ResponderExcluir
  5. Adorei essa tarte! Acho que já sei o que vou fazer a umas batatas doces que tenho aqui na despensa ;)

    ResponderExcluir
  6. Um dia destes faço um post a explicar como comprar na SheIn! :)

    ResponderExcluir