quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Migas de Broa com Couve e Feijão Frade

Migas! O nome é giro e o sabor ainda melhor. Existem várias formas de as fazer. Várias regiões de Portugal "lutam" para que as suas migas sejam as melhores. Há quem goste delas soltas, há quem goste tipo açorda. Eu, gosto de todas, meus amigos. Mas hoje, trago-vos umas migas soltas enriquecidas com couve e feijão frade. Este casamento é maravilhoso! Elas ficam bem com um belo bacalhau no forno ou com uma simples carne grelhada. 

São simples de fazer e são um acompanhamento diferente. Certamente que vai surpreender alguém. Será que vos convenço?

Na minha infância sempre fui habituada a comer de tudo um pouco. A minha mãe sempre insistiu comigo para experimentar o que quer que fosse. E acho que muito por causa disso me tornei o bom garfo que sou hoje. Não tenho "medo" de experimentar nada e há muito poucas coisas que eu posso dizer que não gosto. 
Migas são aquela paixão antiga. Assim com uma boa açorda. Por isso se me quiserem convidar já sabem...😭 A minha mãe sempre fez umas belas migas com carne e chouriço. Eu deliciava-me com aquilo. Agora andamos com mais juízo mas lá vamos comendo de vez em quando. Estas migas são menos pecaminosas e igualmente boas. Há por aí fãs como eu? Acusem-se!

Um beijinho. Bons cozinhados e até breve! 😚
Migas de Broa com Couve e Feijão Frade

O que faz falta para 4:
3 colh. de sopa de Azeite
4 dentes de Alho
100 gr. de Couve arranjada para caldo verde
1 Broa de Milho com 400 gr. (usei a do Aldi)
250 gr. de Feijão Frade cozido
Sal e Pimenta branca q.b.
Como Fazemos:
Começamos por partir a broa em pedaços e picamos a mesma num robot até obtermos farelos. Os farelos podem e devem ser de tamanhos diferentes. Fervemos a couve por 5 minutos em água e sal. Escorremos a couve e reservamos.

Aquecemos o azeite e deixamos os alhos fritar um pouco. Juntamos a couve e salteamos a mesma no azeite e no alho. De seguida, adicionamos a broa, envolvemos na couve e cozinhamos a até a broa dourar.

Por fim, juntamos o feijão frade. Misturamos. Cozinhamos mais uns minutos e temperamos com a pimenta branca. 

Servimos quente para acompanhar uma carne assada ou um bacalhau. Bom apetite! 😊

7 comentários:

  1. Nunca comi, mas não há nada como experimentar!



    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  2. Comia isso já assim! A gastronomia do nosso país é maravilhosa! E é incrível como do pouco e do tão simples se faz coisas absolutamente deliciosas! Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Cá em casa adoramos migas!
    Estas ficaram com um aspeto maravilhoso!

    ResponderExcluir
  4. Adoroooo migas, gosto mesmo muito e eta variedade também me agrada.
    Aida Lopes

    ResponderExcluir
  5. Eu ponho o dedo no ar!!!! Sou FÃ destas migas, é a minha versão favorita, mas gosto de todas! Ai tão bom, eu por mim até faço delas prato principal!!!

    Beijinhos Ana

    ResponderExcluir
  6. Super fã de migas! Cá em casa também as faço como tu mas quando vou ao Alentejo visitar a minha família paterna... ui... migas com tudo! E das boas!! :) Adoro adoro adoro!
    Beijinho
    Joana

    ResponderExcluir
  7. Olá Sara!
    sigo o blog já há alguns meses e tenho experimentado as receitas que me agradam pelos ingredientes e pela aparência :) e todas têm feito sucesso.
    Estas migas ficaram divinais mais uma vez, jantar de mestre.
    Obrigada pelas partilhas.
    Um beijinho

    ResponderExcluir