quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Meia desfeita de Bacalhau com Grão

Quando era miúda embirrava com o grão. Não gostava, pronto! Não me perguntem porquê, a minha mãe sempre tentou que comesse e mesmo na sopa eu reclamava. E nunca fui esquisita. À exceção de caldo verde, couves de bruxelas e o grão, sempre comi de tudo. Essa “parvoíce” passou-me toda com a idade. Agora como de tudo. Até o caldo verde, se tiver mesmo que ser.

O trauma do grão passou-me há poucos anos. Quando um amigo nosso partilhou a receita dele da “agonia”, ou seja, quando tens fome e não tens tempo para grandes cozinhados. Receita essa que consiste em abrir uma lata de atum (que eu adoro) e outra de grão, picar uma cebola e um ramo de salsa, misturar tudo com maionese e já está. Ah, e assim na loucura, se tivermos tempo, acrescentar um ovo cozido. Experimentei, claro! Porque o que é de nós sem uma ou duas receitas do desenrasca para aqueles dias que o tempo voa? Resultado? Adorei! Nunca mais larguei o grão. Que agora, se podemos assim dizer, sem ferir os mais sensíveis, está na moda do mundo saudável e fit. É um desfile de receitas com grão. Ele é hummus, ele é hambúrguer, ele é snack.

Depois de todo este “romance”, hoje partilho uma receita bem portuguesa, dizem as pessoas entendidas, de sua origem Lisboeta. É simples (eu digo sempre isto ou é impressão minha), aconchega e acho que é nutricionalmente interessante.

Uma outra experiência que fiz, foi a de cozer o grão em casa. Comprei-o seco, demolhei de um dia para o outro com bastante água porque ele incha e por fim cozi com água e sal numa panela normal (a panela de pressão não me “assiste”) por 1 hora e meia. Se bem que acho que 1 hora chegava. Uma parte usei nesta receita e a restante congelei com a água de cozer.

Tenho que dizer-vos que não tem nada a ver. Eu achei o sabor muito melhor. E com isto me despeço.

Um beijinho,

Até breve! Bons Cozinhados.
Meia Desfeita de Bacalhau com Grão


O que faz falta para 2 a 3 pessoas:

2 Postas de Bacalhau médias
5 chávenas de Grão cozido
1 fio de Azeite generoso
1 Cebola grande em meias luas
4 dentes de Alho picados
2 folhas de Louro
Pimentos Assados a gosto (opcional)
1 colher chá de Colorau
1 colher sopa de Vinagre (ou mais depende do gosto)
1 raminho de Salsa fresca picada
1 Ovo Cozido
Azeitonas pretas para decorar

Como Fazemos:

Começamos por cozer o bacalhau em água. Quando ferver, deixamos cozinhar por 5 a 8 minutos. Retiramos e deixamos arrefecer um pouco. Depois, limpamos de peles e espinhas. Lascamos o bacalhau e reservamos.

Numa frigideira, aquecemos o azeite, refogamos a cebola e o alho com a folha de louro. À parte, numa assadeira colocamos, o grão e o bacalhau. Misturamos a cebolada e o pimento assado. Temperamos com a salsa picada (reservando um pouco para polvilhar ao servir), o colorau e o vinagre. Envolvemos tudo. Se necessário, regamos com mais um pouco de azeite para não secar muito. Levamos ao forno a 200ºC por 10 a 15 minutos.

Retiramos e decoramos com os ovos cozidos, as azeitonas e a restante salsa picada. Servimos quente ou morna.

10 comentários:

  1. Eu gosto grão e acho que nas saladas de bacalhau e de atum é onde fica melhor! Tanto gosto que faço imensas vezes! Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Gosto tanto e com molho verde ainda mais.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2018/02/receita-caixa-misterio-1.html

    ResponderExcluir
  3. Eu amo grão-de-bico! Já o caldo verde, também sou como tu. Como, mas dispenso! :)

    Prefiro sempre cozer as leguminosas em casa, e claro, o grão inclusive.

    Adoro meia desfeita. Um repasto para mim! :)

    ResponderExcluir
  4. Quando era pequena também não gostava de grão e o feijão frade também não ia, agora gosto de ambos.
    Esta é uma refeição que muito me agrada e nos dias quentes sabe tão bem.

    ResponderExcluir
  5. Hummm...muito bom!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida Sarinha!
    Eu também quando era criança não gostava de grãos, hoje em dia como de tudo.
    Seu prato ficou lindo e pela receita delicioso!

    Abençoado fim de semana!
    Beijinhos ♥

    ResponderExcluir
  7. Esse petisco de desenrasca sai muitas vezes cá em casa, adoramos!! Nos dias de maior correria é um dos nossos recursos!
    Quanto à meia desfeita, é dos pratos preferidos do meu marido, mas por acaso não costumo cozer eu o grão... tenho mesmo de o começar a fazer!
    Beijinho
    Joana

    ResponderExcluir
  8. É uma combinação que adoro!
    Grão com bacalhau :)
    Uma delícia!
    Ficou com óptimo aspecto.
    Um beijinho

    ResponderExcluir
  9. Aqui em casa somos todos fãs de grão! Eu sempre adorei mas tem de ser feito de raiz, comprar o grão e demolhar. Não quer dizer que nunca use do outro mas não tem nada a ver, pelo menos a meu ver! Adorei a tua receita tão nossa! :)

    Beijinhos Ana

    ResponderExcluir
  10. Olá Sara. Nós por cá gostamos de grão, mas é uma coisa que nos deixa um pouco enfartados. Então tenho reduzido ao mínimo mesmo. Ervilhas não entram em casa agora e feijão também não pelos mesmos motivos. Uma das formas que utilizo atualmente o grão é na sopa ralada. Mas essa meia desfeita, eu comia, porque a julgar pela foto parece-me mesmo saborosa. É uma salada que costumava fazer no Verão e sabe mesmo bem.

    ResponderExcluir