quinta-feira, 23 de maio de 2019

Queques de Laranja tradicionais...tão fofos quanto húmidos!

Olá amigos cozinheiros,
Depois da última publicação em que escrevi que temos um "bolinho no forno" trago mesmo a receita de uns pequenos e doces bolinhos. Por aqui andamos entre as nossas rotinas diárias e entre muitas buscas pelas coisinhas necessárias para a bébé. Sim! É uma menina! Está a correr tudo bem e é tudo muito entusiasmante. Assim como estes bolinhos que podemos chamar de tradicionais mas são surpreendentes. São feitos com ingredientes simples e o resultado é um bolinho fofo, com uma ligeira crosta e húmidos. Talvez possa dizer que são delicados no sabor como uma madalena e com a fofura e a crosta característica de um bolinho de arroz.

O fim-de- semana está quase aí e sei que o calor está a apertar mas garanto que vão ficar com uma bela fornada de queques para os lanches, para partilharem com a família e amigos ou até para levarem num passeio.

E agora despeço-me de vocês porque tenho que ir comer um queque. Um grande beijinho, até breve e bons cozinhados.

Sara.
Queques de Laranja

O que faz falta para 18 a 20 (varia consoante o tamanho das formas):  
4 Ovos
250 gr. de Açúcar
300 gr. de Farinha com fermento para bolos
100 ml de Leite
200 ml de Óleo de Girassol
Raspa de 1 Laranja
2 colheres (sopa) de Sumo de Laranja
Açúcar para polvilhar q.b (opcional)
Forminhas de Papel frisado
Como Fazemos:
Num recipiente, batemos os ovos com o açúcar até obtermos um creme fofo e volumoso. Envolvemos depois, o leite, a raspa de laranja e o sumo. De seguida, adicionamos o óleo, batendo ao mesmo tempo. 
Por fim. juntamos a farinha peneirada e batemos bem até a massa ficar cremosa e formar bolinhas na superfície. 
Tapamos o recipiente com película aderente e levamos a descansar 45 minutos no frigorífico. Entretanto, pré-aquecemos o forno a 180ºC e forramos as formas dos queques com o papel frisado. 
Vertemos a massa nas formas até três quartos de altura. E polvilhamos com açúcar, opcionalmente.
Levamos ao forno por 15 a 20 minutos ou até o palito sair limpo. Não devemos deixar cozer muito com o risco de perderem um pouco humidade característica desta massa.
Desenformamos e aproveitamos morninhos ou frios. Depois de frios guardamos num recipiente fechado.

Um comentário:

  1. Sarinha esses queques estão lindos e perfeitos!
    Não tenho dúvidas que devem ser deliciosos :)
    Beijinho e boa semana

    ResponderExcluir