terça-feira, 26 de novembro de 2019

Entre Fraldas e Fanicos: Fomos Pais!

Ol√° pessoas bonitas ūüėä
Alguns meses se passaram desde que escrevi pela √ļltima vez. N√£o h√° grande explica√ß√£o para isso. Apenas andamos embrulhados em fraldas e tudo mais o que se relacione com beb√©s. Pois √©, fomos pais de uma sardinhazinha chamada Gabriela. Uma menina que nasceu no dia 22 de Setembro, na sequ√™ncia de uns dias antecedentes dignos de filme. 

Ora, para os mais distraídos, eu criei este blog em 2010 porque achei que seria um bom hobby e uma boa "herança" a um futuro rebento. Demos muitas voltas. Já ficámos muito tempo ausentes. Escrevemos sobre outros assuntos mas maioritariamente sobre culinária. Já evoluímos muito e já quebramos barreiras. Perdemos medos e arriscamos em coisas novas. Apesar de inconstante tem sido uma boa caminhada. Começámos só com o blog, depois vieram as redes sociais. E até vídeos para o youtube fizemos.

Depois de tudo isto, a nossa maior obra foi ter um beb√©. Podem n√£o acreditar nesta coincid√™ncia e pensar que estou a romantizar mas engravidei no dia que me casei, v√£o fazer 6 anos. Qual a probabilidade? Descobri em Janeiro e a√≠ come√ßou o reboli√ßo. Agora temos que ir ao m√©dico, fazer exames, saber que cuidados devo ter. Tudo novo! E o sexo? Quando vamos saber o sexo? Prefer√™ncia? N√£o temos. E os nomes? Dif√≠cil! 

Foi uma gravidez tranquila e feliz. Dentro do que √© estar gr√°vida. Fui bem acompanhada. N√£o tive percal√ßos. Mantive-me sempre tranquila. As √ļltimas duas semanas foram um bocadinho menos divertidas devido √† ansiedade. N√£o nossa mas das pessoas √† nossa volta. At√© que a Gabriela decide que "talvez" quisesse nascer no dia que fiz 40 semanas. Rebentaram-me as √°guas, numa cena mesmo √† filme. Fiquei mesmo contente. Era agora que ela ia nascer de forma natural porque ela quis. Fomos super animados para o hospital. At√© que a espera come√ßa. Tive que esperar umas boas horas para que a Gabriela quisesse nascer, nem vos vou dizer quantas para n√£o se assustarem. Porque o que interessa √© o momento final. E finalmente a Gabriela nasceu, bem de sa√ļde, num parto normal, cheia de cabelo e parecia um boneco. E se o parto j√° me tinha mudado, quando recebemos a nossa menina a nossa vida mudou para sempre. Ter um beb√© √© das experi√™ncias mais transformadoras que se pode ter. Eu quando me contavam n√£o ligava muito. √Č uma das coisas mais primitivas e brutais que podemos fazer na vida. √Č muito bonito. Apesar de todas as coisas nada bonitas que envolvem o parto. 

Depois de toda a aventura que foi o parto, viemos para casa. E nesse momento sim, come√ßa toda uma nova aventura e descoberta de um mundo que desconhecemos mas que impressionantemente passamos a conhecer de forma instintiva. 

J√° passaram dois meses, travamos algumas lutas. A amamenta√ß√£o a maior de todas. Penso em escrever sobre isso noutro post. Porque acreditem, tenho muito para escrever. Muitas alegrias e muitoa aprendizagem. Ser m√£e √© uma doa√ß√£o  do nosso cora√ß√£o a outro ser. E isso muitas vezes pode ser assustador. Damos por n√≥s e perdemos o nosso nome para sermos s√≥ "a m√£e". Os nossos sentidos ficam apurados para  respondermos √†s necessidades dos nossos beb√©s. Acreditem que isto √© tudo muito feliz. Mas √© preciso tomar aten√ß√£o √†s m√£es que se entregam e d√£o o melhor delas todos os dias. Agora entendo algumas coisas que lia por a√≠. Muitas vezes pensamos que n√£o √© o suficiente, que podemos dar mais e isso leva-nos por um caminho que n√£o √© bom. M√£es que me est√£o a ler. Voc√™s s√£o as maiores. A vossa energia √© inesgot√°vel. Valorizem-se! 

Por aqui, o maior desafio tem sido a amamentação como já referi. A Gabriela é uma menina muito doce e muito viva. Estes primeiros tempos são sempre agridoces. Ou será que vai ser assim a vida toda? Andamos tão empenhados em fazer tudo bem. Em aprendermos a ser pais e quando olhamos já passou determinado tempo. Passa mesmo muito rápido como toda a gente diz.

√Č gratificante, arrebatador e intenso. E com epis√≥dios que n√£o lembram ao diabo. Uma vida nova. E que responsabilidade esta de formar um ser para o futuro. Porque mudar umas fraldas mal cheirosas em nada se compara a isso. Esperamos estar √† altura. 

Espero poder escrever-vos novamente em breve. Um beijinho.
Sara.

3 coment√°rios:

  1. T√£o Bom.
    muitos parabéns que sejam sempre muito felizes, vai dando novidades

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Sarinha pelo novo rebento :)
    Muita sa√ļde e sorte para os pap√°s para a sua boneca.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente amei! Que escrita linda e intensa! Apesar de ter acompanhado tudo de perto, senti que estava ao teu lado mais uma vez! Desejo como sempre as maiores felicidades para estes amigos que estão longe mas tão perto do coração. Um grande beijinho aos quatro!

    ResponderExcluir