segunda-feira, 30 de março de 2020

Bifaninhas no Pão...um petisco para animar a malta!

Mais uma segunda-feira. Quantas vezes nos queixámos deste dia? E agora estamos nesta realidade. Alguns de nós a trabalhar a partir de casa, outros nem por isso. Por aqui estamos nas duas vertentes. Queria muito poder escrever sobre outra coisa mas nos dias que correm é dificil. É dificil não sentir uma angústia por mais pequena que seja. Temos uma bebé muito pequenina e penso muitas vezes que mundo irá ela encontrar quando crescer. Acho que ainda não percebe e ainda bem. Deve ser complicado explicar o que se está a passar aos miúdos. Se até para nós, adultos, é complicado de assimilar às vezes. E para nós, o mais desafiante nem tem sido estar em casa. Porque com uma Gabriela de 6 meses, a casa e o trabalho para gerir, os dias passam muito rápido. O verdadeiro desafio é estar longe dos nossos. Eu, por exemplo, nunca estive mais de duas semanas sem ver os mais pais. É um mal necessário bem sei. Mas o meu coração bate mais forte quando penso nisto tudo. Mas vamos passar à frente e vamos falar destas bifanas que vos trago hoje.

Quem não gosta de bifanas? Por aqui somos fãs. Apaixonados assumidos pela versão de Vendas Novas mas com um amor forte também pela versão à Moda do Porto. Somos como o Marco Paulo e temos dois amores que em nada são iguais e não temos a certeza de qual gostamos mais. 
A receita que vos trago hoje é assim mais a puxar para a versão à Moda do Porto. Não posso afirmar que são as autênticas mas que são inspiradas. O processo é simples. Um par de dicas e truques essenciais e teremos umas bifanas tenrinhas e saborosas. 

É obrigatório que as bifanas sejam cortadas em tiras muito finas para absorver todo o sabor. O pão em que as vão servir é quase tão importante como as bifanas em si. Por aqui usamos um pãozinho caseiro. Uma receita de papossecos que já tenho por aqui. Posto isto, as bifanas ficam melhores feitas com antecedência para descansarem e realçarem o real sabor. Um par de horas será o suficiente. Convém ser usada uma carne com qualidade. E sim, a receita leva muito álcool mas o mesmo vai evaporar, não se preocupem.

Guardem esta receita para um dia que não estejam de dieta porque vai ser dificil comer só uma. Talvez o próximo fim-de-semana ou folga? Dou-vos a receita atempadamente para planearem melhor a vossa petiscada. 
Por hoje é tudo, despeço-me com um beijinho de força para todos nós. Tenham juízo. Comam bem e cuidem-se!
Bifaninhas
O que faz falta para 6:
1 fio generoso de Azeite
500 gr. de Bifanas em tiras muito finas
5 dentes de Alho laminados finamente
2 folhas de Louro
1 colher sopa de Colorau ou Massa de Pimentão (funciona com os dois: usei massa de pimentão)
Sal e Pimenta a gosto
150 ml de Vinho Branco
200 ml de Cerveja
4 colheres sopa de Whisky
2 colheres sopa de Vinho do Porto
1 Limão Pequeno 
Picante a gosto (opcional)

Como Fazemos:
No fundo de uma frigideira, colocamos o fio de azeite, os alhos, o louro, a pimenta e o pimentão. Deixamos ferver um pouco o azeite até o alho largar o seu aroma. Juntamos as bebidas e o sal. Quando levantar fervura novamente, dispomos a carne e espalhamos de forma ficar bem separada. Adicionamos o picante, opcionalmente. Regamos com sumo do meio limão. A outra metade colocamos inteira na frigideira. Tapamos a frigideira e deixamos ferver em lume brando por 1 hora e meia a duas horas, vigiando de vez em quando. 
Depois é só servir num pão morninho ou ligeiramente torrado com o molhinho por cima. 

3 comentários:

  1. Esta com muito bom aspecto, o meu filho adora.
    Boa semana

    ResponderExcluir
  2. Uma ótima ideia, Sara! Já conhecia essa receita, não porque pessoalmente já a tenha feito, mas porque nas festas de angariação de fundos que organizamos no Centro Comunitário que utilizamos. Estas bifanas são sempre um sucesso! Fica bem!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Bem apetitosas já faz lembrar o verão, beijinhos.

    ResponderExcluir